Pesquisar este blog

Seguidores

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

O Celular Espião



O Celular Espião

"O homem superior, quando descansando em segurança, não esquece que o perigo pode vir. Quando em um estado de segurança não esquece da possibilidade da ruína. Quando tudo está em ordem, ele não se esquece que a desordem pode vir. Dessa forma essa pessoa não corre perigo e sua clã é preservada", Confúcio (551 BC - 479 BC)

Existe muita semelhança entre o regime nazista da Segunda Guerra Mundial e a situação atual [1]. Os nazistas usaram o pretexto do "terror" para tornar a maioria dos cidadãos alemães em informantes do governo. O que os nazistas fizeram reduz-se à uma virtual insignificância quando comparado ao que os Estados Unidos fez com os seus cidadãos após os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001, já que praticamente todos os cidadãos norte-americanos se tornaram espiões do governo e estão efetivamente espionando eles mesmos... e eles nem sabem disso!!

Eis como o governo norte-americano implementou isso.

Após os ataques de 2001 os EUA aprovaram rapidamente o Patriot Act que, entre outras coisas, mudou o Electronic Communications Privacy Act de 1986 (ECPA) permitindo qualquer agência do governo dos EUA exigir que os provedores de serviços de telefonia e de internet entreguem os dados dos consumidores que foram armazenados em seus servidores.

Desde 2001, os EUA também subsidiou sua indústria de telefonia sem-fio e de internet com bilhões de dólares dos pagadores de impostos (cerca de 3 bilhões só no ano passado) e, dessa forma, criando a maior rede eletrônica de captação e armazenamento de informação que o mundo jamais conheceu.

Para gerenciar e supervisionar essa enorme rede de espionagem eletrônica os EUA criaram o que é chamado de Fusion Centers.

Em uma carta de 5 de agosto de 2009, o US Department of Homeland Securityreconheceu que uma das suas fontes de informação são os Fusion Centers, mas que a maior fonte de informações deles é o próprio povo norte-americano que vive suas vidas ligadas a uma rede massiva de espionagem eletrônica que utiliza os chamadosRadio-Frequency Identification Chips, conhecidos como chips RFID.

Desde 2006, todos os cartões de crédito e débito dos EUA, carteiras de motoristas, cartões de trânsito, cartões governamentais de identificação, cartões de identificação de escolas, hospitais e de companhias, todos os passaportes dos EUA possuem chipsRFID inseridos neles. Estes chips permitem ao governo, polícia, vendedores, e até criminosos, escanear rapidamente o seu cartão de crédito nos pontos de saída e permitem às autoridades escanear sua identidade ou o seu passaporte à distância. Dentro de seu telefone celular esses chips permitem o monitoramento contínuo da sua posição exata e que cada coisa que você diz ao celular, mesmo que o seu celular esteja desligado, seja gravado [2]. Isso levou a revista Time alertar seus leitores recentemente:

Os telefones inteligentes fazem muitas coisas nos dias atuais: surfa na internet, manda e-mails, tira fotos e faz vídeos - e, sim - também envia e recebe chamadas. Mas uma coisa que eles podem fazer e que as companhias telefônicas não fazem propaganda é a espionagem sobre você, o possuidor desse aparelho. Se você não o deixar em casa, este aparelho portátil mantém um registro de todos os locais em que você vai - um registro que o governo pode então obter da sua companhia telefônica.

Pergunte para você mesmo, quantas conversas você já teve dentro da distância de escuta do seu telefone celular que poderiam ter sido usadas contra você? Se, nessa situação, você mencionar que poderia prejudicar uma propriedade ou agente do governo dos EUA você pode ser condenado a uma prisão perpétua!

Igualmente perturbador é o fato de que os chips RFID podem ser lidos por leitoras facilmente obtidas no mercado, podendo levar a um crescimento explosivo do que é chamado de "roubo eletrônico" onde todos os números de cartões de crédito e de identidades pessoais de uma pessoa insuspeita podem ser roubados sem que suas bolsas ou carteiras sejam removidas ou seus lares sejam atacados. Isso mesmo! Um ladrão eletrônico bem instruído pode passar andando por você, dirigir um veículo passando pelo seu carro, sua casa, ou mesmo seu escritório e roubar tudo de você.

Com a deteriorização deste período em que estamos vivendo, quando o estado policial à nossa volta está crescendo, você está, sem dúvida, protegendo sua casa e família tanto quanto possível. Você pode ter armas para se proteger de ladrões, pode armazenar alimentos e sementes para se alimentar em períodos futuros difíceis, ou mesmo selecionar cuidadosamente as pessoas com quem se associar para se preparar quando o governo vier atrás de você.

Mas apesar de tudo isso, você já percebeu que o maior perigo que você está correndo está juntinho de você no telefone celular que está escutando tudo que você fala? Você já percebeu que pode perder tudo, inclusive sua identidade, na velocidade da luz (que é a velocidade das ondas eletromagnéticas usadas no seu celular) sem você saber?

O que você pode fazer para se defender disso? Existe uma bolsa, feito com nano-partículas [1], que pode abrigar seu telefone celular, cartões de crédito, cartões de identidade, carteiras de motorista, ou qualquer outra coisa que possui chips RFID que evita (fornece blindagem) qualquer leitura desses seus documentos. Quando o seu celular é colocado dentro desta bolsa ninguém pode escutar o que está sendo dito nas vizinhanças, nem você pode ser rastreado pelo sistema GPS das agências governamentais dos EUA... você ficará essencialmente fora da grade... Certamente, logo o governo dos EUA tornará ilegal a venda de tal dispositivo...

Referências:
[1] http://www.whatdoesitmean.com/index1424.htm

[2] Eu estou cansado de ver gravações telefônicas de marginais serem apresentadas nos jornais das televisões brasileiras. Quem garante que você também não está sendo monitorado, como os marginais brasileiros?

Labels: , ,

4 comentários:

Roberto disse...

Envie um sinal, veja quais células o retransmitiram, calcule a bissetriz. Pronto! ;-)

juliano disse...

Atualmente já se pode gravar conversas de celulares com o tal celular espião. Vejam no site que coisa incrível. O que será que a polícia diz de tudo isto? O certo é que muitas pessoas estão se borrando de medo de serem presenteadas com este presente.
www.celularespiaobrasil.com

Curso de Maquiagem disse...

Eu comprei o programa espião de celular e gostei muita da funcionalidade, é bem simples de ser usado, consegui descobrir muita coisa do celular que queria investigar.
Tá disponível no site: http://www.espiaodecelular.com

Thvinic lima disse...

atualmente alguns celulares transmitem simultaneamente conversas de um telefone para um receptor, aonde a pessoa tem todo controle do aparelho rastreado, seja por SMS , gps localização, ou informações em redes sociais.

http://www.celularespiaobr.com.br